Exercícios com poema “Os Timbiras” de Gonçalves Dias

Os exercícios que trago hoje para o blog fazem parte dos arquivos de quando eu trabalhava com um grupo de estudos de Literatura como reforço para o vestibular. São questões simples baseadas no poema “Os Timbiras” de Gonçalves Dias.

TEXTO PARA OS EXERCÍCIOS DE LITERTURA

“Os ritos semibárbaros dos Piagas,
Cultores de Tupã, e a terra virgem
Donde como dum tronco enfim se abriram
Da cruz de Cristo os piedosos braços;
As festas e batalhas mal sangradas
Do povo americano, agora extinto,
Hei de cantar na lira.
Cantor modesto e humilde,
A fronte não cingi de mirto e louro,
Antes de verde rama engrinaldei-a,
De agrestes flores enfeitando a lira;
Não me assentei nos cismos do Parnaso.
(…)
Cantor das selvas, entre bravas matas
Áspero tronco da palmeira escolho.”

1. O poema de que se extraiu o texto dado pode ser considerado, sob o ponto de vista da “escola” literária ou estilo de época, como:
a) arcaico.
b) pré-modernista.
c) arcádico.
d) simbolista.
e) romântico.

2. Nos versos acima, o autor promete cantar:
a) As batalhas incruentas entre indígenas e americanos.
b) A terra de Santa Cruz, não extinta.
c) A cultura e o ambiente do povo indígena.
d) A realeza dos ritos, mirtos e louros semibárbaros.
e) As flores agrestes dos píncaros do Parnaso.

3. No verso “Não me assentei nos cismos do Parnaso”, pode-se dizer que o poeta:
a) Critica o parnasianismo brasileiro.
b) Não aceita os princípios do realismo-naturalismo.
c) Rejeita a temática sentimentalista.
d) Despreza a inspiração divina.
e) Recusa-se a seguir os cânones do classicismo.

4. No texto, “os termos cingi, engrinaldei e agrestes” podem ser entendidos como:
a) Cindi, exultei, agressivas.
b) Citei, espalhei, agrícolas.
c) Circundei, adornei, rústicas.
d) Celebrei, ceifei, grosseiras.
e) Enchi, casei, bucólicas.

5. Dentre as seguintes palavras extraídas do fragmento acima, indique aquela que tenha um sentido oposto ao de suave :
a) áspero.
b) virgem.
c) extinto.
d) modesto.
e) humilde.

Exercícios com poema “Os Timbiras” de Gonçalves Dias
Rate this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*