Como escolher e plantar árvores

Fundamentais para o equilíbrio do clima de qualquer região, as árvores precisam apenas de alguns cuidados antes de serem plantadas.

PUBLICIDADE

 

Por menor que seja um jardim, sempre há espaço para se plantar uma árvore. Além de serem muito decorativas, as árvores enfeitam e dão um colorido especial ao lugar em que são plantadas. O plantio é simples, bastando algumas noções sobre os tipos de terra e de adubo mais adequados. É preciso também que a espécie da árvore seja adequada ao clima da região em que vai ser plantada.

INFLUÊNCIAS SOBRE O CLIMA

As árvores não têm apenas uma função decorativa: muito mais do que isso, elas exercem um importante papel sobre o clima. E entre as influências mais significativas destacam-se:

Purificação do ar — Ao ser absorvido e eliminado pelas folhas das árvores, o ar sofre alterações em sua composição, tornando-se mais pobre em dióxido de carbono e mais rico em oxigênio — o processo é chamado fotossíntese, porque fixa o carbono com o auxílio da luz. Durante a noite, o processo é invertido e, por ser menos intenso, resulta na oxigenação da atmosfera.

Para se ter uma ideia dos benefícios de uma árvore nesse sentido, basta dizer que um. exemplar com peso seco de 1 250 quilos — durante sua existência — fixa em seu lenho cerca de 625 quilos de carbono, obtido exclusivamente da atmosfera. E, para atingir essa produção, uma árvore precisa filtrar aproximadamente 4 milhões de metros cúbicos de ar. É por isso que as casas cercadas de árvores apresentam um ar mais saudável e uma temperatura mais amena em seu interior.

Regularidade das chuvas — A fotossíntese é acompanhada de outro processo que resulta do desprendimento de água pela árvore. Uma única árvore de porte pequeno evapora até 500 litros de água por dia — tornando-se assim a causa principal do orvalho e da freqüência e regularidade das chuvas.

Precipitação de poeira — Outro fenômeno de grande importância é a precipitação de poeira pelas árvores. O processo é o seguinte: uma partícula de poeira, pairando no ar, é alcançada pela umidade desprendida, torna-se mais pesada e cai no solo.

Influência sobre a temperatura — Muito importante é o papel das árvores no que se refere ao refresca-mento do ambiente. Não apenas se sente menos calor em sua sombra, como também ainda ocorre uma nítida redução de temperatura, ocasionada pela evaporação da folhagem.

ESCOLHA DA ÁRVORE

A escolha correta e adequada das árvores é um ponto a ser observado. Em primeiro lugar, é preciso conhecer seu porte no estado adulto para que se possa calcular a distância que vários exemplares devem ser plantados uns dos outros.

Também é necessário saber se a espécie a ser plantada se adapta ao clima da região e se as raízes são do tipo que costumam invadir muros, calçadas ou conviver desfavoravelmente com plantas vizinhas.

Além disso tudo, deve-se sempre lembrar que o inverno é a melhor época para o plantio, porque as plantas estão em repouso.

PLANTIO E CULTIVO

Escolhida a árvore a ser cultivada, obedecendo-se às observações feitas, pode-se partir para a abertura da cova. Em geral, o tamanho máximo deve ser de 1 x 1 x 1 metro, enquanto o tamanho mínimo é de 0,40 x 0,40 x 0,40 metro.

Aberta a cova, preparar à parte a seguinte mistura: 30% de terra do lugar (boa), 20% de terra vermelha, 10% de areia, 30% de composto orgânico humificado, 500 gramas de farinha de osso e 200 gramas de calcário por metro cúbico de terra. Colocar a planta na cova na mesma altura e orientação que estava no viveiro, jogando-se a seguir terra preparada, deixada à parte. Feito isso, espalhar por cima uma camada de 5 centímetros de composto orgânico humificado — o que deve ser feito três vezes ao ano. Fazer o tuto-ramento da árvore, usando um tubo de borracha ou plástico. Irrigar a muda.

A manutenção é fácil de ser feita. Quatro vezes ao ano — de preferência nos meses de março, julho, setembro e dezembro — faz-se adubação química para assegurar um crescimento ininterrupto. A fórmula geral para todos os tipos de árvores é: 15 gramas de NPK na proporção de 20-20-20, em 20 litros de água, encharcando bem em torno da raiz da árvore.

As irrigações não podem ser esquecidas, principalmente nas épocas de seca. É bom observar que o solo precisa Ficar úmido, mas não encharcado. De vez em quando, borrifar água na árvore para evitar que a poeira se acumule.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − 6 =