Engano Mortal

LEITURA: Mateus 24.15-27

“Cuidado, que ninguém os engane” (Mt 24.4).

Há enganos cometidos que, quando relembramos deles, rimos bastante. Outros, porém, podem ser tristes. Mas, no campo religioso, o engano é fatalmente trágico. A seita oriental “Suprema Verdade” conduziu seus fiéis ao terrorismo. O grupo chamado “Portão do Céu” conduziu seus adeptos ao suicídio. Podemos perceber que está em curso um processo mundial onde a religião e o engano estão mais juntos do que unha e carne!

Nós cristãos precisamos enxergar nesse casamento, esta realidade e o seu processo de engano. Há séculos a Palavra de Deus advertiu: “cuidado, que ninguém os engane… Pois aparecerão falsos cristos e falsos profetas que realizarão grandes sinais e maravilhas para, se possível enganar até os eleitos…” (Mt 24.4,24).

Jesus disse que esta operação funcionaria eficazmente, e que toda pessoa que não desse ouvidos a Ele, que é a Verdade, seria arrastada por algum tipo de engano religioso. Duas coisas podem ajudar você a avaliar certas propostas religiosas.

Primeiro: não se envolva com nenhum grupo religioso que, mesmo usando a Bíblia, dependa exclusivamente de uma pessoa e da palavra de um líder. Não se impressione se esse líder exibir certos conhecimentos “especiais” e se apresentar como fonte de toda a verdade.

PUBLICIDADE

Segundo: Garantias de sucesso financeiro, bem-estar emocional e psicológico, boa saúde, superpoderes e manifestações místicas são laços de engano e sedução. Quem corre atrás deste tipo de promessa religiosa ficará frustrado e poderá perder a vida.

A Bíblia, a Palavra de Deus, é porto seguro contra o engano. Ela afirma que toda obediência deve ser dada a Jesus, e não a outro ser humano. Você não será enganado se viver com Jesus e alimentar-se da Palavra de Deus.

Em Jesus, a verdade é concreta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 4 =