Exercício de literatura sobre o livro Sagarana

PUBLICIDADE

Aprender um pouco mais de Literatura é condição necessária para fazer bem uma prova de vestibular ou mesmo do Enem.

Digo isso para meus alunos e, agora, para vocês que seguem este site. Estudem os principais períodos literários, veja quais os mais comuns na prova do Enem e dediquem-se a eles.

Gosto do Romantismo e do Modernismo. São dois que sempre aparecem nas provas do Enem e cada vez mais vejo-os nos vestibulares.

Abaixo você verá um exercício de Literatura com gabarito sobre o Guimarães Rosa.

PUBLICIDADE

Confira o gabarito e minha dica no final do artigo.

Quem é Guimarães Rosa?

Importante autor da língua portuguesa, João Guimarães Rosa nasceu em Cordisburgo, Minas Gerais, no dia 27 de junho de 1908.

Desde pequeno, Rosa estudou línguas (francês, alemão, holandês, inglês, espanhol, italiano, esperanto, russo, latim e grego). Por conseguinte, cursou os estudos secundários num colégio alemão em Belo Horizonte .

Pouco antes de entrar para a Universidade, em 1929, Guimarães já anuncia sua maestria com as letras, onde começa a escrever seus primeiros contos.

PUBLICIDADE

Em 1930, com apenas 22 anos, formou-se pela Faculdade de Medicina da Universidade de Minas Gerais, ano que casa-se com Lígia Cabral Penna, com quem teve duas filhas.

Foi Oficial Médico do 9º Batalhão de Infantaria, quando em 1934, ingressa para a carreira diplomática, no Itamaraty.

Guimarães Rosa foi Patrono da cadeira nº 2 na Academia Brasileira de Letras, tomando posse três dias antes de morrer, no dia 16 de novembro de 1967.

No seu discurso de posse, curiosamente, suas palavras destacam o tema da morte:

PUBLICIDADE

Mas – o que é um pormenor de ausência. Faz diferença? “Choras os que não devias chorar. O homem desperto nem pelos mortos nem pelos vivos se enluta” – Krishna instrui Arjuna, no Bhágavad Gita. A gente morre é para provar que viveu. Só o epitáfio é fórmula lapidar. (…) Alegremo-nos, suspensas ingentes lâmpadas. E: “Sobe a luz sobre o justo e dá-se ao teso coração alegria!” – desfere então o salmo. As pessoas não morrem, ficam encantadas.

No auge da carreira de escritor e diplomata, Guimarães Rosa, com apenas 59 anos, faleceu na cidade do Rio de Janeiro, dia 19 de novembro de 1967, vítima de infarto.

Exercício de Literatura com Gabarito pronto

Neste exercício, você poderá pensar um pouco sobre uma obra de um grande escritor brasileiro: João Guimarães Rosa.

Guimarães Rosa, como dito antes, foi um dos mais importantes escritores brasileiros do modernismo, além de ter seguido a carreira de diplomata e médico.

Foi o terceiro ocupante da Cadeira nº 2 da Academia Brasileira de Letras (ABL), em 1967. Fez parte da terceira geração modernista, chamada de “Geração de 45”.

PUBLICIDADE

É dele a obra Sagarana. Este livro principia por uma epígrafe, extraída de uma quadra de desafio, que sintetiza os elementos centrais da obra: Minas Gerais, sertão, bois vaqueiros e jagunços, o bem e o mal:

“Lá em cima daquela serra,
passa boi , passa boiada,
passa gente ruim e boa
passa a minha namorada”.

Sagarana , compõe-se de nove contos, com os seguintes títulos os títulos de “O BURRINHO PEDRÊS”, ” A VOLTA DO MARIDO PRÓDIGO”, “SARAPALHA”, “DUELO”, “MINHA GENTE”, “SÃO MARCOS”, “CORPO FECHADO, “CONVERSA DE BOIS” e “A HORA E A VEZ DE AUGUSTO MATRAGA”

Exercício de Literatura sobre o livro Sagarana

João Guimarães Rosa, em Sagarana, permite ao leitor observar que:

PUBLICIDADE

a) explora o folclórico do sertão.
b) em episódios muitas vezes palpitantes surpreende a realidade nos mais leves pormenores e trabalha a linguagem com esmero.
c) limita-se ao quadro do regionalismo brasileiro.
d) é muito sutil na apresentação do cotidiano banal do jagunço.
e) é intimista e hermético.

Como estudar corretamente para o Enem? -> clique aqui

Clique aqui para ver o gabarito

4) Letra B.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × dois =