Tutorial sobre aposto e vocativo

Dois recursos bastante usados na produção de textos são o vocativo e o aposto.

Mais presente no gênero textual carta, o vocativo tem a função de indicar a quem é dirigido o texto.

Já o aposto tem múltiplas funções e sempre digo aos alunos que um aposto bem colocado pode ajudar a deixar mais claro o que se quer dizer, desfazer ambiguidades, algo muito importante na interpretação de textos.

Além disso, mostra que o candidato tem conhecimento das estruturas da Língua Portuguesa.

Vejamos, então, com mais detalhes estes dois elementos.

PUBLICIDADE

Tutorial sobre aposto e vocativo

Aposto: é o termo que amplia, explica, desenvolve ou resume o conteúdo de outro termo:

Nossa terra, o Brasil, tem-nos preocupado.

O Brasil = aposto

O aposto é mais uma função substantiva dá oração, tendo como núcleo um substantivo, um pronome ou numeral substantivo ou uma palavra substantivada. De acordo com a relação que estabelece com o termo a que se refere, pode-se classificar o aposto em:

a) explicativo: A Ecologia, ciência que investiga as relações dos seres vivos entre si e com o meio em que vivem, adquiriu grande destaque no mundo atual.

b) enumerativo: Suas reivindicações incluíam muitas coisas: melhor salário, melhores condições de trabalho, assistência médica extensiva a familiares.

PUBLICIDADE

c) recapitulativo: Vida digna, cidadania plena, igualdade de oportunidades, tudo isso está na base de um país melhor.

d) comparativo: Seu senso crítico, eterno indagador, levou-o a questionar aqueles dados.

e) especificativo: O compositor Chico Buarque de Holanda continua a produzir uma obra representativa.

Vocativo: é o termo sintático que serve para nomear um interlocutor a quem se dirige a palavra. É um termo independente: não faz parte nem do sujeito nem do predicado. É mais uma função substantiva da oração, sendo desempenhada por substantivos, pronomes e numerais substantivos ou palavras substantivadas:

Amigo, venha visitar-me no próximo domingo. A vida, amada minha, é um constante retomar.

PUBLICIDADE

Amigo = vocativo

Atividades com gabarito

Nas frases seguintes, sublinhe os apostos e os vocativos e identifique-os com as letras A e V, respectivamente:

a)   Meu velho amigo, não há mais nada que se possa dizer.

vocativo

b)  João, meu velho amigo, você não tem nada para me dizer?

PUBLICIDADE

aposto

c)   Ó meus sonhos, aonde fostes?

vocativo

d)  Uma casa na encosta da montanha, meu maior sonho, evaporou-se com o confisco da poupança.

aposto

e)   Não há mais nada a fazer, minha querida.

vocativo

f)   Tu, que não sabes o que fazes, diz-me: há lei nesta terra?

vocativo

g)   Um dia, meu bem, não haverá miséria.

vocativo

h) Ele não deseja muita coisa: um emprego, uma casinha, uns trocados para viajar de vez em quando.

aposto

Caso você queira saber mais sobre como fazer uma redação perfeita no Enem, saber quais os elementos essenciais para tirar uma nota alta nessa que é parte importantíssima da sua nota no Enem, clique no botão abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 2 =