Conceitos básicos de Fonética e Fonologia

O princípio dos estudos de Língua Portuguesa, na maior parte dos cursos para vestibular ou concursos públicos é sempre pela Fonética e Fonologia. É importante passar por elas para, em seguida, falar de formação de palavras, depois de classificação das palavras e, posteriormente, das relações sintáticas entre elas. Dito isso, o post de hoje é para falar a respeito de Fonética e Fonologia, mais precisamente sobre fonema e letra.

Fonema e Letra: qual a diferença entre eles?

Como já disse, Fonologia é a parte da Gramática que estuda os fonemas. Mas o que são fonemas?

Fonemas são unidades de som capazes de estabelecer diferenças de significado entre palavras. A leitura em voz alta dos pares de palavras seguintes evidencia que os sons representados pelas letras destacadas produzem diferença de significado:

bico/pico

vala/fala

cama/cana

bela/bola

Letras são sinais gráficos criados para a representação escrita das línguas. Não devem ser confundidas com os fonemas, que são sons.

Quais são as classificações dos fonemas?

Indo direto ao ponto, são três: vogais, semivogais e consoantes.

Vogais: são fonemas produzidos por uma corrente de ar que passa livremente pela boca. Desempenham o papel de núcleo das sílabas: em toda sílaba há necessariamente uma única vogal. Nas palavras abaixo, as letras destacadas representam vogais:

camelo

subir

PUBLICIDADE

ética

maçã

ônibus

Semivogais: a diferença fundamental entre as vogais e as semivogais está no fato de que estas últimas não desempenham o papel de núcleo de sílabas. Em outras palavras: as semivogais necessariamente acompanham alguma vogal, com a qual formam sílaba.

As letras utilizadas para representar as semivogais (i e u; mais raramente e e o são utilizadas também para representar vogais: a única forma de diferenciá-las efetivamente é falar e ouvir as palavras em que surgem. Nos pares de palavras abaixo, as letras destacadas representam respectivamente uma vogal e uma semivogal:

caí/cai

Jaú/pau

doe/pães

PUBLICIDADE

Consoantes: são fonemas produzidos por uma corrente de ar que encontra obstáculos ao passar pela cavidade bucal. São incapazes de atuar como núcleos de sílabas: seu nome provém justamente desse fato, pois sempre soam com as vogais. Nas palavras abaixo, as letras destacadas representam consoantes:

casa

ética

cidadania

trazer

futuro

Num próximo artigo aqui no site eu resolverei alguns exercícios sobre esse assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + 7 =